CONSULTA DE CRÉDITO

10/02/2022

Campanha Especial da Vida Viva Alfenas: Sucata Eletrônica Recicla Esperança

 

 

Lixo eletrônico... Sucata eletrônica... Seja qual for o nome que a gente dê, os aparelhos eletrônicos, de informática e eletrodomésticos que pararam de funcionar e estão aí, na sua casa ou na sua empresa, ocupando espaço e juntando poeira podem, agora, “se transformar” em medicamentos, alimentos e muitos mais para as pessoas com câncer amparadas pela Vida Viva Alfenas.

A entidade fez uma parceria com empresas que compram os equipamentos velhos e estragados para reciclar, então, além deles ajudarem a sustentar os programas assistenciais que beneficiam milhares de pacientes oncológicos, a natureza vai deixar de receber toda aquela quantidade de plásticos e metais que, como a gente sabe, geram poluição por centenas e centenas de anos.

Conferindo: se você tem por aí, em casa ou na empresa, aparelhos de TV, celulares, computadores, monitores, impressoras, notebooks, máquinas fotográficas, rádios, fios elétricos e aparelhos eletrodomésticos, como liquidificadores, batedeiras etc. que não estão mais funcionando, todos eles são muito bem-vindos na campanha especial da Vida Viva Alfenas “Sucata Eletrônica Recicla Esperança”.

Na dúvida, caso você tenha itens que não constem desta lista, dê uma ligadinha para conferir se eles também são recebidos (3292-5088) ou mande mensagem para o whatsapp 9 9160-0005.

Por enquanto, o ponto de coleta dos equipamentos é aqui, na sede da Vida Viva Alfenas, na Rua João Paulino Damasceno, 1193, quase em frente a igreja de Santa Rita. Em breve a gente vai divulgar novos locais.

No final das contas, essa é uma campanha 100% voltada para a preservação da natureza... Das plantas, da água, dos bichos e, claro, do ser humano, porque ecologia é cuidar de tudo o que é vivo neste mundo que Deus criou, tão perfeito, pra gente dividir.

 

Fontehttps://www.facebook.com/549745595166636/posts/2385489888258855/ 

Oi, tudo bem? Clique em algum dos setores abaixo e converse conosco pelo WhatsApp.

Vamos conversar no WhatsApp?